Polícia

Corpo de adolescente decapitado é encontrado em Sorriso

O corpo de Giovanni Stephano, de 16 anos, foi encontrado na manhã de segunda-feira (13) dentro de um córrego no município de Sorriso. O jovem estava desaparecido desde o dia 14 de abril e, segundo a Polícia Civil, foi torturado, morto e filmado por um menor e Jhuly Naoli, que foram detidos e confessaram o crime.

De acordo com o delegado Bruno França, a equipe do Corpo de Bombeiros localizou o corpo boiando no córrego após ser acionada. O menor apreendido confessou o crime e indicou o local onde o corpo foi desovado, próximo a um rio.

Jhuly Naoli, mandante do crime, foi presa horas depois no município de Dourados (MS). Ela teria pedido permissão para matar Giovanni aos líderes de uma organização criminosa e, após obter o aval, combinou com o menor de atraí-lo para uma área de mata, onde ele foi assassinado.

A Polícia Civil relata que o crime foi cometido com requintes de crueldade, com a vítima sendo torturada e degolada. Antes de entrarem para o mundo do crime, Giovani, Jhuly e o menor eram amigos.

A Polícia Civil segue investigando o caso.